Após boa Copa do Mundo, Martins Indi troca Feyenoord pelo Porto

Zagueiro foi um dos destaques da Holanda no Mundial e vai defender o clube português na próxima temporada

Martins Indi em ação pela Holanda na semifinal contra a Argentina Martins Indi em ação pela Holanda na semifinal contra a Argentina

O Feyenoord anunciou nesta terça-feira a venda do zagueiro Bruno Martins Indi para o Porto, de Portugal. Um dos personagens da Copa, o jogador ajudou a Holanda a alcançar o terceiro lugar na Copa do Mundo de 2014.

O contrato de Indi com o Porto é válido por quatro temporadas, se encerrando apenas em 2018. No futebol holandês, acumulou mais de 100 partidas, apesar de ter apenas 22 anos, se estabelecendo como titular absoluto do Feyenoord.

Revelado no clube holandês em 2010, o zagueiro nasceu em Portugal, filho de mãe portuguesa e pai de Guiné-Bissau, mas se mudou para Roterdã logo aos três anos de idade. Naturalizado holandês, defende a Holanda desde 2010.

Titular da defesa holandesa junto com Ron Vlaar e Stefan de Vrij, Bruno Martins Indi teve um bom desempenho ao longo da competição, mas acabou ficando marcado por ter sofrido uma concussão em uma disputa de cabeça com um adversário no duelo entre Holanda e Austrália.

Últimas notícias

Valencia tentará acerto com Victor Valdés

O goleiro ex-Barcelona, que permaneceu por bastante tempo no banco do Manchester United, poderá retornar à Espanha, e defender a equipe do Valencia

Wellington Paulista chega animado a novo clube

O jogador que se destacou jogando na posição de centroavante, mas não descarta atuar pelos lados com a camisa do Fluminense

Soldado poderá ocupara a vaga deixada por Carlos Bacca no Sevilla

O atacante espanhol que não está passando por um bom momento no Tottenham, poderá retornar ao seu país para substituir o colombiano

PSG engrossa briga por Dí Maria

Após o Manchester United recusar a primeira proposta feita pelos franceses, os dirigentes decidiram adicionar 10 milhões de euros na oferta

Wayne Rooney poderá disputar a Major League Soccer futuramente

O jogadar britânico que é ídolo da equipe do Manchester United, poderá ter seu fim de carreira atuando na liga dos Estados Unidos

Não perca nenhuma publicação! X

"Me curta" no Facebook
Siga-nos no Twitter