Diretoria e conselheiro buscam trégua para manter Petros no Corinthians

Titular no clássico deste domingo, meia é pivô de discórdia entre Fernando Garcia e Edu Gaspar. A princípio, jogador deve continuar no elenco

Petros é pivô de duelo de interesses no Timão Petros é pivô de duelo de interesses no Timão

Sem querer, o meia Petros acabou sendo personagem central de uma briga entre o empresário Fernando Garcia, conselheiro do clube e agente do jogador, e a diretoria alvinegra. Depois de declarar que seu cliente não jogaria mais pelo Corinthians se o candidato da situação, Roberto de Andrade, vencesse a eleição presidencial, Garcia está aberto a um acordo para manter Petros no Parque São Jorge. Edu Gaspar, gerente de futebol, também é a favor dessa ideia.

O ex-presidente Andrés Sanchez também trabalha na conciliação entre as partes. Ligado a Edu Gaspar e a Roberto de Andrade, Andrés também é amigo de Paulo Garcia, irmão de Fernando – Paulo é dono da Kalunga e doou cerca de R$ 400 mil para a campanha do ex-presidente a deputado estadual.

Edu Gaspar diz que, a princípio, Petros fica no Corinthians. O meia chegou a ser avaliado por Internacional e Fluminense, mas Tite não quer abrir mão do jogador.

Fernando Garcia, por sua vez, diz que vai abrir mão do cargo de conselheiro nesta segunda-feira para evitar conflito de interesses. Além de Petros, Garcia cuida das carreiras de Walter, Malcom e vários garotos da base corintiana. O meia tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2018.

Últimas notícias

Valencia tentará acerto com Victor Valdés

O goleiro ex-Barcelona, que permaneceu por bastante tempo no banco do Manchester United, poderá retornar à Espanha, e defender a equipe do Valencia

Wellington Paulista chega animado a novo clube

O jogador que se destacou jogando na posição de centroavante, mas não descarta atuar pelos lados com a camisa do Fluminense

Soldado poderá ocupara a vaga deixada por Carlos Bacca no Sevilla

O atacante espanhol que não está passando por um bom momento no Tottenham, poderá retornar ao seu país para substituir o colombiano

PSG engrossa briga por Dí Maria

Após o Manchester United recusar a primeira proposta feita pelos franceses, os dirigentes decidiram adicionar 10 milhões de euros na oferta

Wayne Rooney poderá disputar a Major League Soccer futuramente

O jogadar britânico que é ídolo da equipe do Manchester United, poderá ter seu fim de carreira atuando na liga dos Estados Unidos

Não perca nenhuma publicação! X

"Me curta" no Facebook
Siga-nos no Twitter