Ex-jogador do Arsenal detona política de contratações de Wenger

Emmanuel Frimpong, formado nas bases dos Gunners, afirmou que todos os reforços do time "são muito iguais"

Atualmente no russo Ufa, Frimpong não disfarçou que acompanha o Arsenal Atualmente no russo Ufa, Frimpong não disfarçou que acompanha o Arsenal

A política de contratações de Arsène Wenger no comando do Arsenal foi duramente questionada nesta quinta-feira (23) por Emmanuel Frimpong, volante ganês de 22 anos formado na base dos Gunners e vendido em janeiro de 2014.

"Já disse e direi novamente, o Arsenal precisa de um zagueiro, de um meio-campo defensivo e de um centro-avante", escreveu Frimpong em uma rede social, acompanhado por palavras impublicáveis.

"E Antes de contestar,tudo o que eu digo é a mais pura verdade. Todos os jogadores do Arsenal são muito parecidos: Wilshere, Ramsey, Arteta, Chambers, Sanchez, Özil, todos eles são muito similares", escreveu. "Por favor, Sanchez vem tendo uma boa temporada, eu não quero ser disrespeitoso, mas teria sido muito melhor investir esse dinheiro em um bom zagueiro. Estou cansado disso", continuou.

Nesta temporada, os três levados por Wenger ao Arsenal foram Alexis Sanchez, Danny Welbeck e Callum Chambers.

Sanchez, o primeiro a ser confirmado, tem sido o melhor jogador dos Gunners até o momento, atuando como meia-atacante, mesma posição de Özil, Walcott, Chamberlain, Cazorla e que também pode ser ocupada por Wilshere e Ramsey.

Últimas notícias

Valencia tentará acerto com Victor Valdés

O goleiro ex-Barcelona, que permaneceu por bastante tempo no banco do Manchester United, poderá retornar à Espanha, e defender a equipe do Valencia

Wellington Paulista chega animado a novo clube

O jogador que se destacou jogando na posição de centroavante, mas não descarta atuar pelos lados com a camisa do Fluminense

Soldado poderá ocupara a vaga deixada por Carlos Bacca no Sevilla

O atacante espanhol que não está passando por um bom momento no Tottenham, poderá retornar ao seu país para substituir o colombiano

PSG engrossa briga por Dí Maria

Após o Manchester United recusar a primeira proposta feita pelos franceses, os dirigentes decidiram adicionar 10 milhões de euros na oferta

Wayne Rooney poderá disputar a Major League Soccer futuramente

O jogadar britânico que é ídolo da equipe do Manchester United, poderá ter seu fim de carreira atuando na liga dos Estados Unidos

Não perca nenhuma publicação! X

"Me curta" no Facebook
Siga-nos no Twitter