Rússia demite Fábio Capello

O treinador tinha vínculo firmado até 2018, porém foi dispensado após campanha irregular nas eliminatórias para Eurocopa de 2016

Treinador foi desligado oficialmente nesta terça-feira (14) Treinador foi desligado oficialmente nesta terça-feira (14)

Desde 2012 considerado o técnico mais bem pago do mundo entre os que comandam seleções, com R$ 24,5 milhões. O italiano Fabio Capello foi demitido oficialmente nesta terça-feira (14 de julho) pela Federação Russa de Futebol. O treinador que foi eliminado logo na primeira fase da Copa do Mundo do Brasil, tem campanha irregular nas Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, fazendo com que os dirigentes e o próprio achassem melhor encerrar o contrato que acabaria em 2018, o vínculo foi rompido bilateralmente.

Com 69 anos, Capello, sempre dirigiu grandes clubes e seleções tendo passagens pela Seleção Inglesa, Milan, Roma, Juventus e Real Madrid. O técnico protagonizou algumas divergências com a cúpula da Federação Russa, hora por resultados outra por pagamentos vencidos. No último ano, o italiano passou sete meses sem receber seu milionário salário.

Através de uma nota oficial, a Federação Russa agradece os serviços prestados. “A União de Futebol da Rússia e o técnico da seleção nacional, Fabio Capello, chegaram a um acordo para terminar o contrato por um consenso. A Federação agradece o treinador pelo seu trabalho e lhe deseja sucesso na sequência da carreira”, diz a nota.

Últimas notícias

Valencia tentará acerto com Victor Valdés

O goleiro ex-Barcelona, que permaneceu por bastante tempo no banco do Manchester United, poderá retornar à Espanha, e defender a equipe do Valencia

Wellington Paulista chega animado a novo clube

O jogador que se destacou jogando na posição de centroavante, mas não descarta atuar pelos lados com a camisa do Fluminense

Soldado poderá ocupara a vaga deixada por Carlos Bacca no Sevilla

O atacante espanhol que não está passando por um bom momento no Tottenham, poderá retornar ao seu país para substituir o colombiano

PSG engrossa briga por Dí Maria

Após o Manchester United recusar a primeira proposta feita pelos franceses, os dirigentes decidiram adicionar 10 milhões de euros na oferta

Wayne Rooney poderá disputar a Major League Soccer futuramente

O jogadar britânico que é ídolo da equipe do Manchester United, poderá ter seu fim de carreira atuando na liga dos Estados Unidos

Comentários recientes

Não perca nenhuma publicação! X

"Me curta" no Facebook
Siga-nos no Twitter