Thierry Henry deixa o New York Red Bulls após 4 anos e meio

Atacante francês conquistou importantes recordes na equipe da MLS enquanto esteve nos EUA

Durante o período no Estados Unidos, Henry conseguiu diversos recordes no clube Durante o período no Estados Unidos, Henry conseguiu diversos recordes no clube

Thierry Henry anunciou nesta segunda-feira (1º de dezembro) que não atuará mais pelo New York Red Bulls. Após 4 anos e meio no clube da Major League Soccer (MLS), o atacante francês decidiu não renovar seu contrato, embora ainda não tenha indicado o seu futuro no futebol.

Durante o período no Estados Unidos, Henry conseguiu diversos recordes em seu clube ao longo das 122 partidas que disputou. Como destaque tem-se o maior número de assistências da franquia (42) e a vice-liderança da artilharia na história do clube, com 51 gols.

O francês também teve sua importância no único título conquistado pelo time de Nova Iorque na MLS, o MLS Supporters’ Shield de 2013 (título dado à equipe com mais pontos somados após turno e returno da temporada regular da liga).

A diretoria da equipe não poupou elogios ao atleta. “Em nome do New York Red Bulls eu gostaria de agradecer Thierry Henry pelo incrível impacto que ele teve tanto na nossa organização quanto na comunidade futebolística dos Estados Unidos como um todo”, disse o gerente do clube, Marc de Grandpre. “Ele é verdadeiramente um dos maiores talentos de todos os tempos e será sempre lembrado na história dessa organização. Nós desejamos a Thierry tudo de melhor para o seu futuro”, completou o dirigente.

Últimas notícias

Valencia tentará acerto com Victor Valdés

O goleiro ex-Barcelona, que permaneceu por bastante tempo no banco do Manchester United, poderá retornar à Espanha, e defender a equipe do Valencia

Wellington Paulista chega animado a novo clube

O jogador que se destacou jogando na posição de centroavante, mas não descarta atuar pelos lados com a camisa do Fluminense

Soldado poderá ocupara a vaga deixada por Carlos Bacca no Sevilla

O atacante espanhol que não está passando por um bom momento no Tottenham, poderá retornar ao seu país para substituir o colombiano

PSG engrossa briga por Dí Maria

Após o Manchester United recusar a primeira proposta feita pelos franceses, os dirigentes decidiram adicionar 10 milhões de euros na oferta

Wayne Rooney poderá disputar a Major League Soccer futuramente

O jogadar britânico que é ídolo da equipe do Manchester United, poderá ter seu fim de carreira atuando na liga dos Estados Unidos

Não perca nenhuma publicação! X

"Me curta" no Facebook
Siga-nos no Twitter